6. A Angústia do Médico da Acupuntura - Cláudio Fernando Costa | Psiquiatria
slide

 

6. A Angústia do Médico da Acupuntura

--- A Psiquiatria tem pontos parecidos. ---

     É a dificuldade de quantificar os resultados. Uma vez que  para quase todas as situações a avaliação da resposta à técnica imprescinde do relato do paciente,  que é subjetivo, mensurar os resultados  limpos, sem as distorções promovidas naturalmente e intrinsecamente pelas relações humanas,  se faz tarefa impossível.

     É patente que a especialidade é científica e tem sua respeitabilidade no meio profissional balizada por modelos de estudo em animais humanos e não-humanos que não põem dúvida à sua eficácia, porém,  no dia a dia do consultório, a melhora acontece sem ser possível observar uma imagem ou números que marquem a associação da agulha com a mudança.

    E esse é um fator dentre vários que facilita a prática leiga, pois há ali o encontro de um paciente sedento em ter preenchidas suas carências com alguém sem formação técnico-científica coerentes que, contudo,  é audaz e assertivo em realizar uma escuta atenciosa seguida de manobras com punções em vias mágicas que acabam por levar à ativação do sistema “placeboidérgico” do cliente-refém, ainda que nem um nem o outro percebam esse mecanismo e ambos o chamem de tratamento.

 

Cláudio F. Costa, fev/2018

  Deixe seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário
Tecnologia do Google TradutorTradutor